• Equipe sim

Como evitar que o seu WhatsApp seja clonado

Você já deve ter visto alguém que teve o WhatsApp clonado ou até mesmo já foi vítima, certo?


Assim como é a rede social mais utilizada pelos brasileiros e presente em 99% dos smartphones ativos do país, se tornou também o mais visado por criminosos para aplicação de golpes. Geralmente, eles invadem contas de pessoas ou empresas pedindo para os contatos depositarem dinheiro em contas bancárias.


Para te ajudar a se proteger de hackers e ladrões virtuais, e auxiliar caso você tenha sido clonado, neste artigo trouxemos algumas dicas para proteger a sua conta e como evitar cair em golpes.



Ative a verificação em duas etapas


A verificação em duas etapas é como uma camada extra de segurança, adicionando um passo a mais na hora de logar sua conta em um novo aparelho. Assim, quando alguém tentar acessar o seu WhatsApp vai precisar deste código e não vai conseguir entrar na sua conta.


Como fazer isso:

No WhatsApp, clique em "Configurações", depois em "Conta" e então ative "Verificação em duas etapas". A senha (PIN) de seis dígitos será solicitada sempre que a conta for instalada em um novo aparelho, além de ser pedida com frequência no uso do aplicativo para evitar que você esqueça-a.


Além do PIN, informe ainda um endereço de e-mail válido para recuperar a sua conta caso perca o número de verificação.



Nunca passe seu código para ninguém


É comum que golpistas se passem por empresas para lhe pedir sua senha (PIN) de segurança, falando que é um número de protocolo… Em nenhuma hipótese compartilhe-o, eles usam-o para clonar o seu WhatsApp.



Desconecte dos dispositivos desconhecidos no WhatsApp Web


Não é possível usar o WhatsApp em dois smartphones ao mesmo tempo, mas é possível conectar vários computadores para usar a versão Web no navegador.


É importante manter apenas o aparelho que você está utilizando no momento, desconectando aqueles que você não utiliza mais ou que são desconhecidos.


Como fazer:

No WhatsApp, clique em "Aparelhos conectados", depois toque nos aparelhos que você não reconhece para desconectá-los.



Deixe sua foto visível apenas para contatos


Mostrando sua foto de perfil para os contatos vai aumentar ainda mais a sua privacidade e evitar que qualquer pessoa tenha acesso a sua foto na rede social.


Como fazer:

No WhatsApp, clique em “Configurações”, depois em “Conta” e em “Privacidade”. Lá terá o item “Foto de perfil” que você pode escolher manter visível para “todos”, “meus contatos” ou “ninguém”. Escolha a que achar mais adequada para a sua segurança (nós indicamos manter apenas para os seus contatos).



Como evitar cair em golpes?


Golpes no WhatsApp fazem milhões de vítimas ao redor do mundo.


Os principais são: WhatsApp pago com novos recursos ou premium, álbum de figurinhas da Copa do Mundo, volta do Orkut, FGTS retroativo, voucher da UBER, cupons de descontos exorbitantes de lanches, passagens e produtos...


Você já viu algum deles por aí? Sempre duvide! Vá até o site oficial ou rede social da marca e confirme se há alguma promoção rolando de verdade.



Dicas práticas de como evitar cair em qualquer golpe pelo WhatsApp

  • Siga todas as dicas de proteção passadas acima;

  • Se você tiver dúvidas de qualquer link que seja enviado ao seu WhatsApp ou pelo e-mail, não aperte em nada e vá direto pedir suporte para especialistas antes de cair no golpe;

  • Desconfie de mensagens que possuam erros ortográficos ou gramaticais e que peçam que você toque em um determinado link para obter alguma vantagem;

  • Evite responder mensagens que peçam que você encaminhe informações pessoais;

  • Evite as correntes para repassar a mensagem.



O que fazer se o WhatsApp for clonado?


Se você foi vítima de um golpe, conte imediatamente aos seus amigos e familiares e avise para que ninguém deposite dinheiro ou passe qualquer informação. Peça para que seja removido de grupos, onde mais pessoas podem ser contatadas.


O WhatsApp recomenda que você desative o aplicativo do smartphone, faça o download novamente e tente entrar com o seu número normalmente, como se estivesse sendo feito pela primeira vez. Tente recuperar o número solicitando uma nova verificação do aplicativo.


Para isso, faça login no WhatsApp e confirme o novo código de 6 dígitos que vai chegar ao seu aparelho via SMS. Assim, qualquer outro celular que esteja com a sua conta aberta será desconectado automaticamente.


Se for solicitado um segundo código, e você não o souber, ou não tiver acesso, isso quer dizer que o invasor usou o sistema de confirmação em duas etapas para evitar que você recupere o controle rapidamente. Para solicitar uma segunda vez o código de confirmação, é necessário aguardar sete dias.


Depois do período de sete dias, você pode solicitar um novo código, para o mesmo número. Isso mesmo que você não tenha acesso ao seu número de segurança. A sua conta será desconectada de outros aparelhos quando você inserir o código de seis dígitos que for reenviado por SMS.



Não deu certo? Você pode fazer o pedido de bloqueio do número, como se o seu smartphone tivesse sido roubado.


Envie um e-mail para support@whatsapp.com com a seguinte mensagem: "Perdido/Roubado: Por favor, desative minha conta" no corpo do email. É necessário incluir o seu número de telefone em formato internacional completo, ou seja, um celular de Florianópolis ficaria algo assim: +55-48-99999-9999.


Isso fará com que a sua conta seja desativada em todos os aparelhos o mais breve possível e você terá um prazo de até 30 dias para tentar recuperá-la.




Estas dicas foram úteis para você? Não deixe de compartilhar o link deste artigo com todos os seus colegas de trabalho, clientes, família e amigos para garantir que todo mundo esteja protegido!